Portal dos Músicos

O que é escala musical

As escalas musicais são a composição, em ordem, se uma sequência de notas musicais. Você já deve ter ouvido falar nas expressões “tom” e “semitom”, certo? Pois então, uma escala é formada pelas notas e pelos tons e semitons.

No caso da escala de Sol Maior, por exemplo, ela é composta por tons e semitons contidos nas notas Sol, Lá, Sí,Dó, Ré, Mi e Fá sustenido, ou se você preferir: G, A, B, C, D E, F#.

As escalas são muito utilizadas nos mais diversos instrumentos, servindo para que você consiga atingir sons diferenciados, que ajudam na composição de músicas, no aumento do repertório do artista e principalmente, na fluidez e agilidade com que ele consegue tocar suas canções.

Neste post, você verá as características e diferenciações mais importantes das escalas musicais. Acompanhe!

Escalas mais importantes

Existem diversos tipos de escalas musicais, as quais são utilizadas em muitos instrumentos musicais. Para que você comece o seu aprendizado, é essencial que saiba pelo menos as suas escalas mais importantes: a escala diatônica e a escala pentatônica. Veja como elas são formadas:

Escala Diatônica

A escala diatônica é uma escala composta por sete notas musicais. A principal característica desse tipo de escala é que ela conta com dois intervalos de semitons e cinco intervalos de tons. Essa escala conta com as notas: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Sí.

A maior utilização da escala diatônica está na música ocidental, especialmente no que tange a cultura da formação e desenvolvimento da Europa.

Escala Pentatônica

Já a escala pentatônica é composta por apenas 5 notas musicais, sendo que o aspecto que mais se destaca aqui é que elas não possuem intervalos de semitons, o que faz com que sejam até mais fáceis de aprender. Essa escala conta com as notas: Dó, Ré, Mi, Sol, Lá.

Existem muitas utilizações para a escala pentatônica, mas as mais tradicionais são nas músicas de rock, blues, música popular, entre outras.

Utilidade das escalas

As escalas musicais servem para que o músico possa tocar basicamente qualquer música. Isso é feito através da descoberta do tom da música, sendo que através desse conhecimento ele pode fazer os sons dessa música com muita facilidade.

Para isso, é preciso estudar e conhecer todas as escalas musicais, de modo que se você precisar tomar uma música com o tom Sol, por exemplo, possa fazer isso através de escalas como a escala diatônica ou a pentatônica, que vimos neste post.

Imagina se um artista ficasse preso às escalas tradicionais para tocar todas as músicas, certamente isso limitaria muito seu repertório e faria com que ele pudesse tocar apenas algumas músicas.

As escalas também servem para que o músico possa tocar com mais agilidade e fluidez.

Aqui, podemos usar como exemplo o violão, digamos que o acorde da nota tradicional seja bem diferente do que ele está utilizando no momento de uma música, mas que o da escala fosse bem próximo e mais fácil de fazer, qual você acha que ele escolheria?

Certamente o da escala, mas para isso ele precisaria saber as escalas musicais. A partir disso ele poderá tocar as músicas de maneira mais fluida e com menos erros nas transições dos acordes. O melhor de tudo, é que isso vale para qualquer instrumento.

Joana Duarte

Joana Duarte é autodidata musical. Trabalha atualmente como professora de música, e neste site, quer compartilhar com você as principais técnicas de música

Adicionar Comentários

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.